Goiás Forte e Globalseg enrolam e não cumprem direitos trabalhistas: empresas poderão ser acionadas na Justiça

Compartilhe:

GOIÁS FORTE

A Goiás Forte mal chegou a Minas Gerais e já está dando canseira e desrespeitando seus empregados. Com apenas 3 meses de funcionamento no estado, a empresa tem atrasado o fornecimento do tíquete refeição, não tem pago as horas extras e está cobrando dos trabalhadores o exames médico e psicotécnico.

“Para ganhar a licitação, cobram um preço baixo, depois usurpam direitos dos trabalhadores. Isso não vamos admitir”, avisa Silva.

Para tratar dessas e outras questões, o Sindicato vai convocar a representação da empresa para reunião em caráter de urgência.

GLOBALSEG

Outra empresa que não tem cumprido com suas obrigações trabalhistas é a Globalseg Segurança.

Até o fechamento desse texto, a empresa não havia feito o pagamento do salário de dezembro de 2020 a seus empregados.

Procurada pelo Sindicato para prestar os devidos esclarecimentos, a Globalseg não tem atendido a entidade.

“Diante da gravidade da situação, já acionamos o nosso Departamento Jurídico para, se preciso, denunciar a empresa à Justiça”, informa o presidente do Sindicato.

Se você trabalha em alguma empresa que não tem cumprido os direitos trabalhistas, denuncie ao Sindicato. O telefone é (31) 3270-1300.

Fonte: Imprensa do Sindicato.

Convenção Coletiva

Convenções Coletivas

Convenção Coletiva 2019/2020

Ver todas »

Facebook