Manter a vigilância contra o novo coronavírus é questão de sobrevivência

Compartilhe:

O Sindicato dos Vigilantes de Minas Gerais reforça a necessidade de os profissionais de segurança privada manterem a vigilância e as medidas de prevenção e combate ao novo coronavírus (Covid 19), que se alastrou pelo mundo e vem vitimando inúmeras pessoas no Brasil e em nosso estado.

O mais importante neste momento é cuidar de si e de sua família, garantindo a saúde e a segurança de todos e todas. Por isso, temos que continuar seguindo as orientações das autoridades sanitárias e de saúde brasileiras, como o Ministério da Saúde, e também as diretrizes da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Não podemos dar ouvidos à fala irresponsável do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), feita em pronunciamento em rede nacional de rádio e televisão na noite desta terça-feira (24), recomendando que todos voltem ao trabalho normalmente, ignorando a gravidade da doença e o grande número de mortes que poderá ocorrer no país.

É inadmissível que, num momento em que o mundo se une e adota medidas importantes de combate à doença, como fechamento de empresas, restrições de circulação de pessoas, cancelamento de eventos, como as Olimpíadas; suspensão de aulas nas escolas e do transporte coletivo, entre outras, o presidente se preocupe apenas com a situação econômica das empresas e do país, desinformando a população e desautorizando o próprio Ministério da Saúde.

Vamos seguir fazendo a nossa parte, cuidando dos nossos filhos, esposas, mães, pais e avós. Quem não conseguir ficar em casa, por causa do trabalho, não abra mão de lavar as mãos com água e sabão sempre que puder, usar álcool em gel, máscaras e de manter uma distância segura dos colegas de trabalho ou populares.

Com a conscientização de todos e todas, vamos conseguir superar essa doença, que nos impôs tantos desafios, sacrifícios e é mais grave do que pensamos.

Quanto ao presidente, que pague a conta de sua ignorância, irresponsabilidade e incompetência.

Fonte: Imprensa do Sindicato.

Convenção Coletiva

Convenções Coletivas

Convenção Coletiva 2019/2020

Ver todas »

Facebook