Pesquisa: 93% condenam atos golpistas e maioria apoia prisões, indica Instituto Datafolha

Compartilhe:

Os ataques às sedes dos Três Poderes, em Brasília, realizados por apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), são uma mácula que os livros de história irão registrar assim como o grande repúdio da população brasileira.

De acordo com pesquisa Datafolha, divulgada na quarta-feira (11), a grande maioria dos brasileiros, 93% são contra os atos de vandalismo praticados na capital federal.

A pesquisa divulgada pela Folha de São Paulo mostra que apenas 3% são favoráveis, 2% disseram ser indiferentes e 1% não soube responder.

Foram ouvidas 1214 pessoas todas com mais de 16 anos (aptas ao voto), entre os dias 10 e 11. O estudo foi realizado por telefone e tem margem de erro de três pontos percentuais para mais ou menos.

Os entrevistados ao serem perguntados se as pessoas que estão sendo identificadas e presas por participarem dos atos antidemocráticos devem ser presas, responderam:

- Todos deveriam ser presos: 46%;

- Apenas alguns deveriam ser presos: 26%;

- A maioria deveria ser presa: 15%;

- Ninguém deveria ser preso: 9%;

- Não souberam responder: 4%.

Ao serem questionados sobre os financiadores para que os atos se concretizassem, com apoio financeiro e logístico, foi indicado que:

- Deveriam ser presos: 77%;

- Não deveriam ser presos: 18%;

- Não sabem: 5%.

Forças de segurança do DF

Sobre a atuação das forças de segurança do Distrito Federal, acusadas de facilitarem a invasão e consequente depredação do Palácio do Planalto, Congresso Nacional e Supremo Tribunal Federal, 63% entendem que as forças fizeram menos do que poderiam para conter os atos; 24% acreditam que as forças fizeram o que deveriam; 6% mais do que deveriam; 7% não souberam.

Governo Lula

Sobre a atuação do governo federal no caso, a maioria entende que o a equipe de Lula fez o que deveria (39%) ou até mais do que deveria (15%) para impedir o vandalismo:

- 39% disseram que o governo fez o que deveria;

- 37% que fez menos do que deveria;

- 15% que fez mais do que deveria;

- Não souberam: 9%.

Quanto ao decreto de intervenção federal na segurança do Distrito Federal, a grande maioria também entende que Lula agiu bem, 82%. Somente 14% entendem que agiu mal e 4% não souberam responder.

Fonte: Portral Vermelho.

Sindicato dos Empregados das Empresas de Segurança e Vigilância do Estado de Minas Gerais
Sede: Rua Curitiba, 689, 9º andar, Centro, Belo Horizonte/MG. Telefone: (31) 3270-1300
Clube dos Vigilantes: Rua Sindicalista Lúcio Guterres, 537, bairro Chácaras Cotia (Nacional), Contagem/MG.
Telefone: (31) 3665-9142 | E-mail: ovigilante@ovigilante.org.br
Total de visitas: 4227196