Planos de saúde e odontológico são direitos dos vigilantes garantidos na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT)

Compartilhe:

O Sindicato dos Vigilantes de Minas Gerais esclarece que o plano de saúde deve ser concedido pelas empresas a todos os trabalhadores e trabalhadoras, imediatamente após a contratação. O plano de saúde dos vigilantes, definido na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), é a Promed.

O pagamento do plano de saúde do trabalhador ou trabalhadora deve, obrigatoriamente, ser feito pela empresa. No entanto, a co-participação é de responsabilidade do funcionário ou funcionária.

O empregado ou empregada tem o direito de apresentar dependentes ao plano de saúde. O custo dos dependentes é de responsabilidade do trabalhador ou trabalhadora e o valor será descontado em seu pagamento.

O custo de um dependente é de R$ 81,73. A partir de dois dependentes, o trabalhador ou trabalhadora deverá contratar um plano familiar, cujo valor total do desconto é de R$ 163,46.

No entanto, o Sindicato alerta aos trabalhadores e trabalhadoras para que fiquem atentos aos descontos dos planos de saúde em seus contracheques, pois, segundo denúncias, algumas empresas, por erro ou má fé, estariam descontando R$ 81,73 por cada dependente.

Plano odontológico

A Convenção Coletiva de Trabalho também obriga as empresas a fornecerem o plano odontológico aos trabalhadores e trabalhadoras, gratuitamente.

O convênio odontológico dos vigilantes garantido pela CCT é a Belo Dente e não há co-participação.

O empregado ou empregada também poderá incluir seus dependentes no plano odontológico. O custo por dependente é de R$ 14,48.

Para mais esclarecimentos, entre em contato com o Sindicato pelo telefone (31) 3270-1300.

Fonte: Imprensa do Sindicato.

Convenção Coletiva

Convenções Coletivas

Convenção Coletiva 2019/2020

Ver todas »

Facebook