Sindicato se reúne com a Verzani & Sandrini: empresa assume compromisso de solucionar pendências trabalhistas

Compartilhe:

O Sindicato dos Vigilantes de Minas Gerais vem recebendo denúncias de trabalhadores da Verzani & Sandrini sobre o descumprimento de uma série de direitos trabalhistas. Para tratar da situação, a diretoria da entidade convocou a empresa para uma reunião nesta quinta-feira (19), em sua sede, em Belo Horizonte.

Na reunião, o presidente Edilson Silva e os diretores do Sindicato Agnélio Vieira e José Onofre cobraram da representação da Verzani & Sandrini explicações a respeito das horas-extras; uniformes; cesta básica; ponto eletrônico / contracheques; planos de saúde e odontológico; periculosidade sobre as horas-extras; entre outros assuntos.

"A reunião foi muito produtiva, na medida em que a empresa atendeu à solicitação do Sindicato para debater os problemas apontados por trabalhadores e se dispôs a solucioná-los o mais breve possível. Por isso, é fundamental que os trabalhadores se mantenham vigilantes quanto a seus direitos e comuniquem ao Sindicato quaisquer irregularidades para que as providências sejam tomadas", comentou Agnélio Vieira.

Veja o que ficou acertado na reunião:

- HORAS-EXTRAS (de 16 de junho a 15 de julho de 2021): a representação da empresa assumiu com compromisso de realizar o pagamento até o quinto dia útil de setembro de 2021;

- UNIFORMES: segundo a empresa, o fardamento já teria sido entregue e os casos pendentes de regularização deverão ser solucionados o quanto antes. Para isso, os trabalhadores deverão entrar em contato com a liderança do Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT);

- PONTO ELETRÔNICO: a empresa disse que os vigilantes têm acesso ao ponto eletrônico em tempo real pelo aplicativo de celular e que foram disponibilizados aparelhos corporativos em todas as unidades. O registro do ponto pode ser feito mesmo em locais sem sinal de internet e a informação é atualizada quando o aparelho se conecta novamente à rede;

- PLANOS DE SAÚDE E ODONTOLÓGICO: de acordo com a empresa,  a situação está regularizada para todos os empregados. No entanto, os dependentes deverão preencher os formulários e enviar a documentação com a assinatura de autorização dos titulares. A documentação quer chegar a partir de agora obedecerá o prazo de carência estabelecido pelos planos (Promed e MetLife);

- CESTA BÁSICA: A Verzani & Sandrini assumiu o compromisso de enviar ao Sindicato a relação de funcionários e cidades que estão com dificuldades para retirar a cesta básica, para adoção do crédito eletrônico nesses locais;

- VALE-TRANSPORTE: Em relação aos trabalhadores que residem em Sete Lagoas e trabalham em Paraopeba, a empresa informou que os mesmos estão recebendo em espécie os valores referentes ao deslocamento e tíquete-alimentação. Em caso de irregularidade, a situação deverá ser resolvida até o quinto dia útil de setembro;

- PERICULOSIDADE: Em relação ao pagamento da periculosidade sobre as horas extras, a empresa disse que o problema foi solucionado.

Fonte: Imprensa do Sindicato.

Convenção Coletiva

Convenções Coletivas

Convenção Coletiva 2021

Ver todas »

Facebook