Terminou o prazo para que a Portal Norte regularize o plano de saúde de seus empregados

Compartilhe:

Terminou, no dia 3 de novembro, o prazo concedido pelo Ministério do Trabalho à Portal Norte para que a empresa cumpra a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), no que diz respeito à contratação de plano de saúde a seus empregados.

Cobrada pelo Sindicato por desrespeitar a CCT, ou seja, não oferecer o plano de saúde aos trabalhadores, a empresa contratou um serviço não convencionado. Denunciada ao Ministério do Trabalho, a Portal Norte assumiu o compromisso de resolver a questão no prazo de dois meses.

"Além de descumprir a Convenção, o plano contratado pela Portal Norte oferece apenas consultas e exames. O plano de saúde determinado pela CCT é completo, com internação, emergência, cirurgia, parto e abrangência em nível estadual", explicou o diretor do Sindicato Ronaldo Gomes durante o Programa Voz do Vigilante MG exibido no último dia 2, transmitida pelo site, Facebook e YouTube do Sindicato.

Nova audiência

No próximo dia 17, o Ministério do Trabalho realizará uma nova audiência, na qual a empresa deverá se manifestar sobre o cumprimento do compromisso de regularizar a situação até 3 de novembro. "Esperamos que tudo tenha sido resolvido e que não seja necessário tomarmos outras providências", disse Ronaldo.

Para ficar informado sobre a Campanha Salarial e a respeito de tudo o que interessa à categoria, assista o Programa Voz do Vigilante MG toda terça-feira, às 19 horas, pelo site (www.ovigilante.org.br), Facebook ou YouTube do Sindicato.

Fonte: Imprensa do Sindicato.

Sindicato dos Empregados das Empresas de Segurança e Vigilância do Estado de Minas Gerais
Sede: Rua Curitiba, 689, 9º andar, Centro, Belo Horizonte/MG. Telefone: (31) 3270-1300
Clube dos Vigilantes: Rua Sindicalista Lúcio Guterres, 537, bairro Chácaras Cotia (Nacional), Contagem/MG.
Telefone: (31) 3665-9142 | E-mail: ovigilante@ovigilante.org.br
Total de visitas: 3538630